EstamosON > Plano de Desconfinamento – Medidas Gerais

Plano de Desconfinamento – Medidas Gerais

Foi declarada a situação de calamidade

O que implica a declaração situação de calamidade?

A declaração da situação de calamidade visa reconhecer a necessidade de adotar medidas de caráter excecional destinadas a prevenir, reagir ou repor a normalidade das condições de vida nas áreas atingidas pelos efeitos da ocorrência ou perigo de ocorrência de acidente grave ou catástrofe

A pandemia da COVID-19 é uma catástrofe?

Sim. A Lei de Bases da Proteção Civil define catástrofe como o acidente grave ou a série de acidentes graves suscetíveis de provocarem elevados prejuízos materiais e, eventualmente, vítimas, afetando intensamente as condições de vida e o tecido socioeconómico em áreas ou na totalidade do território nacional, o que se tem verificado com a pandemia COVID-19.

Qual a diferença entre o estado de emergência e a situação de calamidade?

O estado de emergência é um mecanismo excecional e de último recurso. A situação de calamidade é um mecanismo legal, devendo a sua execução obediência à lei e à Constituição. A situação de calamidade permite medidas restritivas, mas o seu âmbito é menor que o do estado de emergência.

Que condições vão e devem estar reunidas durante a situação de calamidade, de maneira a permitir uma retoma progressiva da vida social?

Vão estar reunidas as seguintes condições:

  1. Disponibilidade no mercado de máscaras e gel desinfetantes;
  2. Higienização regular dos espaços;
  • Lotação máxima reduzida;
  1. Higiene das mãos e etiqueta respiratória;
  2. Distanciamento físico de 2 metros;
  3. Uso obrigatório de máscaras nos transportes públicos, escolas, comércio e outros locais fechados com múltiplas pessoas.

Quais são os deveres gerais que devo observar durante a situação de calamidade?

Os deveres gerais a observar durante a situação de calamidade são os seguintes:

  1. Confinamento obrigatório para pessoas doentes com COVID-19 e em vigilância ativa;
  2. Dever cívico de recolhimento domiciliário;
  3. Proibição de eventos ou ajuntamentos com mais de 10 pessoas, exceto em funerais, onde podem estar presentes os familiares; 

Quanto tempo vai durar a situação de calamidade?

A situação de calamidade começou às 0:00 do dia 3 de maio, foi renovada ao fim de 15 dias e está atualmente em vigor até às 23:59 do dia 31 de maio. As decisões serão reavaliadas, podendo ser decidida a prorrogação da situação de calamidade.

Consulte também a Agenda de Desconfinamento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Plano de Desconfinamento COVID19 Medidas Gerais

Lifting Lockdown Measures

Apresentação do plano aprovado no Conselho de Ministros de 30 de abril 2020